sábado, 26 de maio de 2018

EB - Radares

Radares

O radar, do inglês Radio Detection And Ranging (Detecção e Telemetria por Rádio), é um dispositivo que permite detectar objetos distantes e inferir suas distâncias à antena direcional transceptora do rádio. Na força terrestre, o exército, temos os radares de Patrulha aérea, com alcance de até 300 km, radares de aquisição de alcance até 100 km, de tiro e perseguição de mísseis terra-ar, anti-artilharia, para reconstituição das trajetórias dos projéteis, para localização das peças de artilharia com alcance de até 10 km, e, radares de vigilância terrestre para detectar alvos móveis e regulagem de tiro de alta precisão.


SABER M60



SABER - M200

SABER - M200
Radar Multi-missão de defesa antiaérea



Radar Primário:
Especificações Técnicas:
4 painéis fixos com feixe eletrônico na banda S;
Potência de pico: até 115kW por painel;
Tecnologia AESA digital com pulso de ruído;
Cobertura em Altura: 0 – 20 km;
Abertura máxima em elevação: 70°;
MIL STD 810G e 461F;
Alcance (alvos com seção reta radar de 2 m2):
250 NM (milhas náuticas) no modo de Vigilância, Rota e ISAR;
100 NM (milhas náuticas) no modo Defesa com 1s de atualização;
170 NM (milhas náuticas) no modo meteorológico.

Radar Secundário:
Especificações Técnicas:
Operação nos Modos: 1, 2, 3/A, C, S e 4;
MIL STD 810G e 461F;
STANAG 4193 e anexo 10 vol. IV da ICAO;
Alcance:
110 NM (milhas náuticas) para antena compacta de 2m;
200 NM (milhas náuticas) para antena longa de 8,5m.

Características Técnicas Previstas para o Radar P200
Alcance máximo: 200Km
Teto máximo: 15Km
Ângulo de abertura vertical do feixe: 0-70º
Tempo de atualização de alvos mínima: 1s
Capacidade de separação de alvos: 20m
Número máximo de alvos para acompanhamento: 200


O SABER-M200 é um radar para detecção de alvos aéreos desenvolvido integralmente com tecnologia de estado sólido. Desempenha simultaneamente as funções de radar primário e de radar secundário. Tem uso dual, ou seja, atende os requisitos do tráfego aéreo civil e do militar. Pode operar exclusivamente para um deles ou acumular as duas funções simultaneamente.

Há as versões transportável e fixa. Ambas possuem o mesmo radar primário com alcance instrumental de 280 NM. A versão fixa pode ter um radar secundário com antena longa ou com antena compacta. A versão transportável é equipada com radar secundário de antena compacta.

As versões transportável e fixa com radar secundário de antena compacta têm as dimensões de um contêiner padrão internacional ISO de 20 pés. É transportável em caminhão porta contêiner e nos aviões Hercules C-130 e Embraer KC-390.

SABER-M200: Versão fixa com secundário de antenalonga para a função de Radar de Rota e de Aproximação
O SABER-M200 é um radar totalmente modularizado, que possibilita um grande ganho em economia de recursos na logística de manutenção. Um módulo defeituoso pode ser substituído em poucos minutos, maximizando o tempo em operação do radar.

Por ser um radar definido por software, suas funcionalidades podem ser facilmente reconfiguradas. Utiliza a tecnologia de pulsos de ruído e apresenta assim uma excelente proteção contra a guerra eletrônica.



O radar primário é multimissão e pode acumular simultaneamente as funções de Busca, Vigilância, de Rota, de APP, de Aproximação de Precisão, de Meteorologia, de SAR Inverso e de Tiro.

A BRADAR, empresa do Grupo Embraer Defesa & Segurança, e o CTEx (Centro Tecnológico do Exército) realizaram com sucesso no més de janeiro de 2016 o primeiro teste funcional do radar SABER M200 ao acompanhar em tempo real o tráfego aéreo do aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). O evento, que aconteceu no final do ano, contou com a presença do chefe do CTEx, General-de-Brigada Hildo Vieira Prado Filho, e do presidente da BRADAR, Astor Vasques, além de ambas as equipes envolvidas no desenvolvimento do projeto.

SABER-M200: Probabilidade de detecção dos modos de Vigilância e Rota para um alvo de 2 m2


Sobre a BRADAR



A BRADAR é uma empresa de base tecnológica, especializada em sensoriamento remoto e radares de vigilância aérea e terrestre. A BRADAR desenvolve soluções inovadoras de alta tecnologia e qualidade para seus clientes, sendo responsável pelo desenvolvimento dos mais avançados radares para: Sensoriamento remoto para cartografia e monitoramento (OrbiSAR); vigilância terrestre (SENTIR M20); e busca e vigilância aérea de baixa altura (SABER M60). Certificada pelo governo brasileiro como Empresa Estratégica de Defesa (EED), a BRADAR desenvolve ainda radares voltados para a segurança e defesa, explorando sua capacidade de desenvolvimento de novas soluções tecnológicas em radiofreqüência.



Radar SABER M60

SABER M60
Radar Tridimensional (3D)

Especificações Técnicas

Peso Total: 364,25 kg
Comprimento Total em Operação: 3,20 m
Largura Total em Operação: 3,20 m
Altura Total em Operação: 2,85 m

Alimentação do Sistema:
Bateria: 28V - CC
Comercial: 90-230V CA 50-60 Hz
Gerador: Customizado, fornecido com o equipamento.

RADAR
Alcance: 60 km
Teto máximo aproximado: 5000 m
Rotação da antena: 7,5 ou 15 RPM

TRANSMISSOR
Tipo: Estado Sólido - Pulso Doppler Coerente
Faixa de Frequência: Banda L
Potência Média: 50W
Potência de Pico: 500W

PROCESSAMENTO DE SINAIS
MTI: Digital
Informações dos Alvos: 3D (azimute, elevação e distância)
Nº de Alvos Simultâneos: 60 alvos
Resolução (alcance): 75m
Precisão (azimute/elevação/alcance): 1º / 2º / 50m
Velocidade Mínima de Detecção: 32 km/h
Protocolo Asterix

IFF
Modos: 1, 2, 3/A, C e 4
Alcance Máximo: 82 km



O SABER -M60 é um radar tridimensional - 3D, modular, de estado sólido - Pulso Doppler Coerente, que incorpora as mais avançadas tecnologias para detectar, simultaneamente, até 60 alvos que estejam sobrevoando a área vigiada. O radar é capaz de classificar as aeronaves como amigas ou inimigas, bem como identificar asas fixas e rotativas. O sistema de acompanhamento do SABER-M60 permite rastrear alvos dentro de um raio de até 60 km e até 5 mil metros de altura. O radar é um equipamento eficaz para a busca e vigilância de alvos aéreos em baixa altura em proveito de artilharia antiaérea.

Radar SABER-M60 é facilmente montado e colocado em operação por uma guarnição de apenas três homens e 15 minutos de trabalho. Robusto e flexível, sua antena para a banda L foi especialmente projetada para o transporte e instalação em qualquer tipo de terreno, mesmo sob condições climáticas adversas.

O sistema do radar SABER-M60 é do tipo Doppler Pulsado, com tecnologia de ponta no processamento digital de sinais. As interfaces dos operadores são extremamente amigáveis, instaladas em computadores portáteis robustos, com sistema muito estável e atualizável baseado em Linux, podendo ser facilmente adequadas às necessidades dos clientes. Os dados são transmitidos ao sistema de armas por intermédio de cabos ou conexões de rádio, com total segurança.



O Radar SABER M60 (Sistema de Acompanhamento de alvos aéreos Baseado em Emissão de Radiofrequência) é um radar de busca e vigilância em três dimensões desenvolvido para defesa antiaérea de baixa altura. Detecta alvos com teto de 5.000 metros de altura, e até 60 km no radar primário e 75km no radar secundário (IFF). Possui capacidade de processamento de 40 alvos simultaneos, e é capaz de classificar aeronaves em asa fixa e asa rotativa; para os casos de asa rotativa, é capaz ainda identificar o modelo da aeronave.

O projeto do radar SABER M60 iniciou-se em 2006, tendo sua primeira versão funcional em agosto deste mesmo ano. O projeto se concluiu em 2010 com a avaliação pelo Centro de Avaliações do Exército.



O Radar SABER M60 é o primeiro de uma família de radares de defesa antiaérea. O desenvolvimento é feito com tecnologia 100% nacional pelo Centro Tecnológico do Exército (CTEx) em parceria com a empresa OrbiSat (Posteriormente tornando-se BRADAR Pertencente ao Grupo EMBRAER defesa e segurança) . O apoio financeiro é da FINEP – Financiadora de Estudos e Projetos no valor de R$22 milhões.

O radar foi utilizado durante os Jogos Pan Americanos no Rio de Janeiro em 2007, na abertura dos Jogos Mundiais Militares em 2011, na abertura e no encerramento da copa das confederações do 2013 e em várias outras missões do Exército pelo Brasil


O conhecimento técnico adquirido pela equipe de trabalho do projeto foi publicado no X Simpósio de Aplicações Operacionais em Áreas de Defesa, em São José dos Campos, em 2008, com o trabalho Desdobramentos Tecnológicos no Desenvolvimento do Radar SABER M60