sábado, 11 de junho de 2016

G-27 Marajó

G-27 Marajó
Navio Tanque


Batimento de Quilha: 13 de dezembro de 1966
Lançamento: 31 de janeiro de 1968
Incorporação: 22 de outubro de de 1968
Deslocamento: 
6.600 ton (grt)
11.119 ton (dwt)
15.111 ton (carregado).

Dimensões:
137.10 m de comprimento,
129.69 m de comprimento entre pp,
21.3 m de boca
7.6 m de calado máximo.

Propulsão: Diesel; 1 motor diesel Sulzer GRD 68 de 8.000 hp, acoplado a um eixo.
Combustível: 700 toneladas.
Energia Elétrica: gerador diesel de 1.200 Kw.
Velocidade: máxima de 13.6 nós.
Raio de Ação: 9.200 milhas náuticas à 13 nós.
Armamento: nenhum.
Sensores:
2 radares de navegação, um tipo Racal-Decca TM-1226
1 Racal BT-503.

Capacidade de Carga:
7.470 toneladas de óleo combustível (NSFO)
2.400.000 de óleo diesel.
Sofreu modificações técnicas em 1985 e 1991, para poder transportar também Óleo Combustível Diesel (MAR-C). É equipado com duas estações de transferência de combustível em cada bordo a meia nau (sistema Span Wire).

Código Internacional de Chamada: PWMJ
Tripulação: 121 homens, sendo 13 oficiais e 108 praças.



Primeira embarcação moderna deste tipo usada pela Marinha do Brasil, foi projetado e construído no país pela Ishikawajima do Brasil Estaleiros S/A (ISHIBRAS), no Rio de Janeiro, com quem a Marinha, através de sua Comissão de Construção Naval, assinou contrato em 23 de novembro de 1965.

Foi lançado ao mar em 31 de Janeiro de 1968 e entregue à Marinha em 22 de outubro do mesmo ano. Sua Mostra de Armamento deu-se em 8 de janeiro de 1969, data em que é comemorado o aniversário da embarcação.

Subordinado ao Comando do Primeiro Esquadrão de Apoio tem a função de reabastecer, no mar, os navios da Esquadra Brasileira, por meio de transferência de óleo combustível.

A faina de transferência de óleo no mar é realizada por qualquer dos bordos da embarcação. O Marajó é o único navio-tanque da Armada capaz de conduzir o combustível usado pelo NAe São Paulo (A-12).













































Nenhum comentário:

Postar um comentário