domingo, 13 de dezembro de 2015

G29 - Garcia D´Ávila

Navio de Desembarque de Carros de Combate (NDCC)
G29 - Garcia D´Ávila 


Batimento de Quilha: 12 de julho de 1985
Lançamento: 13 de dezembro de 1986
Incorporação (RFA): 7 de dezembro de 1987
Baixa (RFA): 31 de agosto de 2006
Incorporação (MB): 4 de dezembro de 2007

Deslocamento: 
7.400 ton (padrão)
8.541 ton. (carregado)

Dimensões: 
140.47 m de comprimento, 
20.02 m de boca 
4.57 m de calado máximo.

Propulsão: 
2 motores diesel Mirrlees-Blackstone KMR9 Mk 3, gerando 13.310 bhp, acoplados a 2 eixos com hélices de passo controlavel Vickers. 
1 Bow Thrusters Vickers de 400hp (300kW).

Energia Elétrica: 
4 geradores diesel de 540 Kw e 
1 gerador diesel de 300 Kw.

Combustível: 1.260 toneladas.
Velocidade: cruzeiro de 14 nós e máxima de 18 nós.
Raio de Ação: 13.000 milhas náuticas à 15 nós.

Armamento: 
2  metralhadoras BMARC-Oerlikon GAM BO1 de 20mm em dois reparos singelos 
2 metralhadoras Browing .50 pol. (12,7 mm).

Sensores: 
1 radar de navegação Kelvin-Hughes Type 1007, 
1 radar Racal-Decca 65625NA e 
1 65628NB de navegação
Sistema de Navegação Racal-Decca CANE; CME Racal Type 670; MAGE MEL UAA-1; 
4 lançadores quádruplos de chaffs/flares DLE; 
1 engodo rebocavel para torpedos Graseby Type 182.

Capacidade de Carga e Equipamentos: 
3.340 toneladas de equipamentos
1 Guindaste com capacidade para 25 toneladas a vante da superestrutura; 
2 guindastes com capacidade de 8.6 toneladas a vante; 
1 rampas na proa e na popa;
1 elevador tipo tesoura com capacidade para 20 toneladas, ligando o convés de viaturas ao convôo a meia nau; 
2 guindastes com capacidade para 20 toneladas em trilhos no teto do convés de viaturas e pontões de desembarque Maxiflote transportados nas laterais.

Tropa Transportada: 340 homens, podendo transportar mais 133 homens em espaços públicos do navio e mais 64 homens sem beliches.

Tripulação: 49 homens, sendo 17 oficiais e 32 marítimos civis contratados. Na MB 150 homens.

Aeronaves: convés de vôo capaz de operar todos os helicópteros em serviço na MB.

Código Internacional de Chamada: PWDV



O NDCC Garcia D'Avila (G-29) é um navio de desembarque de carros de combate (NDCC) da Marinha do Brasil.

Foi incorporado à Royal Navy com o nome de RFA Sir Galahad (L3005) em 25 de novembro de 1987 e desincorporado em 31 de agosto de 2006.

Foi adquirido pela Marinha do Brasil e recebido em 4 de dezembro de 2007, em Portsmouth, Reino Unido. A incorporação à Armada ocorreu no dia 29 de maio de 2008, em cerimônia realizada no Complexo Naval de Mocanguê, na cidade de Niterói, Rio de Janeiro.



Origem do nome
O Capitão-de-Fragata Garcia D'Ávila Pires de Carvalho e Albuquerque que dá nome ao navio, foi o comandante do Cruzador Bahia (C-12), que faleceu heroicamente no naufrágio do navio, em 4 de julho de 1945.

O Navio de Desembarque de Carros de Combate (NDCC) "Garcia D'Avila" foi incorporado à Armada no dia 29 de maio, em cerimônia realizada no Complexo Naval de Mocanguê, em Niterói/RJ.
Incorporado à Marinha do Brasil no dia 4 de dezembro de 2007, na Base Naval de Portsmouth, no Reino Unido, O NDCC "Garcia D'Avila", ex-RFA "Sir Galahad", foi construído em 1986 e incorporado à Frota Auxiliar da Marinha Real Britânica em 1987, participando ativamente das duas Guerras do Golfo, em 1991 e 2003, no apoio com suprimentos logísticos e transporte de tropas.

Com 140,5m de comprimento, 19,5m de boca e deslocamento de 8.751 toneladas, o navio tem capacidade de aproximadamente, 150 militares na tripulação e de transportar até 460 homens (tropa), além de realizar operações aéreas empregando dois conveses de vôo.



































Nenhum comentário:

Postar um comentário