sábado, 1 de agosto de 2015

Inundações no Paquistão deixam 92 mortos; 340 mil pessoas foram evacuadas

Inundações afetam o Paquistão há duas semanas. EFE/Faisal Kareem

Pelo menos 92 pessoas morreram e 340 mil tiveram que ser evacuadas pelas inundações que afetam o Paquistão há duas semanas e onde cinco distritos permanecem em alerta por possíveis transbordamentos de rios, informaram nesta sexta-feira fontes oficiais.

O número de afetados pelas inundações chega a cerca de 600 mil, enquanto 812 povoações permanecem sob a água, segundo o último balanço oferecido pela Autoridade de Gestão de Desastres Nacional (NDMA).

A NDMA anunciou para as próximas 24 horas tempestades com descargas elétricas e chuvas moderadas nos principais rios em sua passagem pelas quatro províncias do país.

Há três meses, as fortes chuvas e fortes ventos assolaram o noroeste do Paquistão, causando a morte de 50 pessoas e 200 feridos.

As chuvas associadas à monção deixam a cada ano grandes danos pessoais e materiais nos países do Sul da Ásia.

As piores inundações da história paquistanesa ocorreram em 2010, após uma monção extraordinariamente intensa, que uniu-se a um degelo estival também especialmente abundante e deixou dois mil mortos e mais de 20 milhões de afetados.

Fonte: EFE

Nenhum comentário:

Postar um comentário