sábado, 24 de agosto de 2013

Navio Patrulha Costeira Classe Bracuí




Navio Patrulha Costeira 
Classe River/Bracuí 


Lista de Navios
NPa Bracuí (P-60), ex-HMS Itchen (M-2009)
NPa Benevente (P-61), ex-HMS Blackwater (M2008)
NPa Bocaina (P-62), ex-HMS Spey (M2013)
NPa Babitonga (P-63), ex-HMS Arun (M2014)

D a t a s
Batimento de Quilha: 26 de março de 1984
Lançamento: 30 de outubro de 1984
Incorporação (RN): 12 de outubro de 1985
Baixa (RN): 8 de abril de 1998
Incorporação (MB): 8 de abril de 1998


C a r a c t e r í s t i c a s
Deslocamento: 630 ton (padrão), 770 ton (carregado).
Dimensões:  
Comprimento:  47.6 m  
Boca: 10.5 m  
Calado: 3.1 m 
Propulsão: 2 motores diesel Ruston tipo 6 RKCM de 1.700 bhp cada, acoplados a 2 eixos e 2 hélices Stone Vickers 63XS de quatro pás, de passo controlado.
Combustível: 88 toneladas.
Eletricidade: 2 geradores diesel G & M Power de 230 kW.
Velocidade: máxima de 14 nós.
Raio de ação: 4.500 milhas náuticas à 10 nós.
Armamento:
1 Canhão Bofors Mk 3 de 40 mm e 
2 Metralhadoras Oerlikon de 20mm 
Sensores: 
2 radares de navegação Decca TM 1226 C,
2 eco-sondas Kelvin-Hughes MS48, SATNAV,
Sistema de Posicionamento Racal QM 14 (1)  
HYPERFIX Mk.6 com alcance operacional de 700 km.
Equipamentos:
1 lancha de casco semi-rigido (RHIB), com capacidade para 10 homens  
1 bote inflável para seis homens.
Código Internacional de Chamada: PWBR
Tripulação: 35 homens, sendo 4 oficiais, 7 sargentos e 24 praças.




Armamento 


Canhão Bofors Mk 3 de 40 mm 

Fabricante da torre: Bofors / BAE Systems
Função principal: Defesa Anti-Aérea - Ataque de Superficie 
Calibre da arma: 40mm
Cadência de tiro: 330 disparos p/min.
Alcance máximo: 10Km 
Peso da munição: 1Kg
Alcance Antiaéreo : 2.5Km
Peso da torre: 3500Kg
Tripulação: 4
Numero de canhões do sistema:1
Elevação: 80



Metralhadoras Oerlikon de 20mm 

Fabricante: Oerlikon
Função principal: Defesa Anti-Aérea - Ataque de superficie
Calibre: 20mm
Cadência de tiro: 450 disparos p/min.
Alcance à superficie: 2Km
Alcance Anti aéreo: 2Km
Elevação máxima: 90º 
Nr. de canhões: 1
Tripulação: 1



História

Visando dotar a Marinha do Brasil com meios modernos, robustos e versáteis, foi criada esta Classe, com embarcações construídas entre os anos de 1984 e 1986, pelos Estaleiros Richards em Lowestoft e Great Yarmouth, na Grã-Bretanha. Dos doze lançados ao mar, sete foram adquiridos pela Marinha do Brasil, sendo que três foram adaptados para a função de Navios Hidroceanográficos e agrupados na Classe Amorim do Valle.

Os outros quatro foram convertidos para Navio Patrulha, no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro e depois no estaleiro H. Dantas, em Aracaju, no estado de Sergipe, uma vez que originariamente estas embarcações foram construídas como navio-varredor.

Os navios foram incorporados à Armada em 1998 classificados como Navios Patrulha Costeiros (NaPaCo). Pasteriormente foram reclassificados como Navios Patrulha (NPa).

O nome da Classe é uma homenagem ao rio Bracuí, no estado do Rio de Janeiro, que deságua na enseada de mesmo nome, próximo a Angra dos Reis.

































Nenhum comentário:

Postar um comentário